Eficiência

Esta área aborda a eficácia operacional e econômica das operações aéreas gate-to-gate, ou seja, desde o momento em que a aeronave inicia a movimentação para sair do terminal de estacionamento no aeroporto de origem até o momento em que a aeronave estaciona no aeroporto de destino.

Os usuários do espaço aéreo querem partir e chegar no horário programado, bem como voar a trajetória ótima escolhida para cada fase do voo. Eventuais ineficiências podem ter impacto nas operações aéreas em termos de atrasos ou de consumo excessivo de combustível e acabam se refletindo nos indicadores dessa área de performance.

A seguir, são apresentados os indicadores de Tempo Adicional de Taxi-out (KPI02), Tempo Adicional de Taxi-in (KPI13), Tempo Adicional em Área Terminal (KPI08) e o Índice de Acerto das Previsões de Aeródromo (IATAF).

O Tempo Adicional de Taxi-out (ou táxi de saída) (KPI02) é um indicador de performance ATM que mede o tempo adicional que as aeronaves levaram no aeroporto de origem para sair do portão de estacionamento até a sua decolagem, em relação ao que chamamos de tempo desimpedido, que seria o tempo ótimo para o táxi de saída do aeroporto.

O Gráfico a seguir apresenta os valores de tempo adicional de táxi de saída dos principais aeroportos do Brasil, com base no cruzamento dos dados extraídos do Banco de Informações de Movimento de Tráfego Aéreo (BIMTRA) do DECEA e do sistema Voo Regular Ativo (VRA) da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Para informações mais detalhadas, consulte o painel “Turnaround e tempo de taxi”, na aba PRODUTOS – “Painéis de Indicadores – Dashboards.”

O Tempo Adicional de Taxi-in (ou táxi de chegada) (KPI13) é um indicador de performance ATM que mede o tempo adicional que as aeronaves levaram para chegar no seu portão de estacionamento desde o seu pouso no aeroporto de destino, em relação ao que chamamos de tempo desimpedido, que seria o tempo ótimo para o táxi de chegada do aeroporto.

O Gráfico a seguir apresenta os valores de tempo adicional de táxi de chegada dos principais aeroportos do Brasil, com base no cruzamento dos dados extraídos do Banco de Informações de Movimento de Tráfego Aéreo (BIMTRA) do DECEA e do sistema Voo Regular Ativo (VRA) da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Para informações mais detalhadas, consulte o painel “Turnaround e tempo de taxi”, na aba PRODUTOS – “Painéis de Indicadores – Dashboards.”

O Tempo Adicional em Área Terminal (KPI08) é um indicador de performance ATM que mede o tempo adicional que as aeronaves levaram na fase de aproximação final do voo, desde o momento em que estavam a 100 milhas náuticas (C100) e 40 milhas náuticas (C40) do aeroporto de destino.

O Gráfico a seguir apresenta os valores de tempo adicional de chegada em TMA dos principais aeroportos do Brasil, com base nos dados extraídos da síntese radar.

Para informações mais detalhadas, consulte o painel “Tempo Adicional de Chegada em Área Terminal”, na aba PRODUTOS – “Painéis de Indicadores – Dashboards.”

O indicador Índice de Acertos das Previsões de Aeródromo (IATAF) apresenta a porcentagem acumulada anual de acerto nas Previsões de Aeródromo (TAF) realizadas pelos Centros Meteorológicos de Aeródromo (CMA), mostrando a eficiência dos prognósticos realizados pelos previsores responsáveis pelo Serviço de Meteorologia Aeronáutica.

Essa eficiência é mensurada comparando os parâmetros meteorológicos observados nos aeródromos, por meio das mensagens METAR (Informe Meteorológico Aeronáutico Regular) e SPECI (Informe Meteorológico Especial de Aeródromo), com as previsões (TAF) realizadas para esses aeródromos.